Vazamentos e infiltrações: sinal vermelho

Seja responsabilidade do condomínio ou de unidades, vale a pena correr para resolver esse tipo de problema

Vazamentos e infiltrações são imprevistos recorrentes em condomínios e acabam criando muita confusão quando não existe um acordo entre administradores e condôminos envolvidos. Por isso, antes que eles aconteçam é melhor ficar atento e prevenir.

Segundo Omar Anaute, diretor de condomínios da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), cabe ao zelador e ao síndico verificarem a origem do vazamento e saber se é na rede vertical (coluna) que leva a água da rua até os andares, sendo essa de uso geral e de total responsabilidade do condomínio.

“Se o problema acontece entre unidades, a responsabilidade é da unidade causadora”, explica Anauate.

Gerenciando o conflito – Quando o vazamento ocorre na coluna, o ideal é contratar uma empresa especializada em hidráulica. A responsabilidade por este serviço é totalmente do condomínio, inclusive os reparos internos nos apartamentos afetados.

Quando a causa está em uma das unidades e o conserto cabe ao proprietário, dá um pouco mais de trabalho para convencê-lo da urgência do reparo, já que outro morador está sendo prejudicado. É preciso que o condômino prejudicado com o vazamento entre em contato amigavelmente com a unidade causadora, informe o problema e solicite os devidos consertos.

Já quando o vizinho responsável não demonstra interesse ou se recusa a efetuar os reparos, recomenda-se formalizar o comunicado por meio de uma notificação com protocolo de recebimento para mostrar que está ciente do problema.

“Se nem assim o proprietário tiver o devido retorno, cabe à unidade reclamante entrar com uma ação na justiça”, explica Julisa Alves Siqueira Pessôa, diretora comercial de uma administradora.

Nesses casos, o condomínio também pode ajudar mandando uma notificação para a unidade e informando o problema. Mas antes de tudo é preciso estar sempre atento à prevenção.

Olho vivo

  • Se há um vazamento no teto do banheiro em virtude de problemas na rede horizontal, o responsável pelo reparo – com todos os custos – é o morador da unidade de cima
  • Existe um plano de seguro com pagamento mensal que cobre esse tipo de problema quando a causa é do apartamento do segurado
  • O custo para o conserto de vazamentos e infiltrações pode variar de R$ 1.600,00 a R$ 3.000,00. Quanto antes o problema for detectado e começar a ser resolvido, melhor

Fonte: iCondominial