Treinar os funcionários ainda é o melhor e mais barato investimento

A única forma de modificar comportamentos distorcidos é através de um bom treinamento

Observando os assaltos ocorridos nos condomínios nos últimos anos ficou constatado e comprovado que, na grande maioria das vezes, a entradatreinamento de funcionários se dá pela portaria principal do prédio, quer seja na entrada de pedestres ou de veículos, onde os porteiros, por desatenção ou mesmo inexperiência,  foram enganados pelos ladrões.

Os delinquentes utilizam os mais diversos ardis, a fim de ludibriarem os funcionários, mais precisamente aqueles que são responsáveis pelos controles de acessos, tais como porteiros e garagistas. O objetivo é a intrusão ao condomínio até atingirem as unidades condominiais.

Com isto, conclui-se que os assaltantes detectaram um enorme furo no sistema de segurança nos condomínios e, portanto, estão se aproveitando das falhas humanas, realizando seus atos delituosos. Isto somente é possível devido a desqualificação profissional de seus funcionários, já que são facilmente ludibriados ou simplesmente agem por pura ingenuidade.

Todos estes problemas estão intimamente relacionados com a falta de treinamento destes profissionais, visto que muitos síndicos acham desnecessário gastar-se com cursos específicos, buscando uma especialização. Ledo engano, pois onde existem pessoas prestando serviços para outras, a única forma de modificar comportamentos distorcidos é através de um bom treinamento, que deixa de ser um gasto para ser um excelente investimento.

O retorno vem através de uma maior qualidade na mão-de-obra de portaria, acarretando um nível satisfatório de segurança para todos os moradores.

Fonte: Jornal Síndico News