Terceirização em condomínios

Com mais profissionalismo, a estrutura de funcionamento fica mais moderna e ainda gera economia. Uma tendência mundial que ganha cada vez mais força no Brasil é a terceirização de serviços para condomínios, sejam residenciais ou comerciais.

Terceirizar significa transferir o gerenciamento da mão de obra para uma empresa especializada na gestão de serviços. O objetivo principal nesta contratação é além de modernizar a estrutura, ganhar agilidade, segurança, profissionalismo e gerar soluções, pois terceirizando é possível adequar salários a níveis do mercado para atividades similares, resultando uma economia expressiva e imediata.

Em condomínios, os serviços mais requisitados são de portaria, zeladoria e limpeza.

Economia é um dos primeiros grandes motivadores na contratação da terceirização. Pois, contratar uma empresa para gerir os serviços significa economizar em equipamentos, acessórios, ferramentas e produtos de limpeza, liberando o fluxo de caixa.

Há economia também com contratação de pessoal, pois é eliminada a folha de pagamento e seus encargos, o passivo trabalhista e a multa de 50% sobre saldos de FGTS. A taxa da administradora é reduzida, substancialmente, pois não será mais necessário elaborar a folha de pagamento e nem ter que recolher os encargos e impostos decorrentes.

Outra vantagem é que dá a liberdade de substituir qualquer empregado a qualquer tempo, sem custos extras com indenização, e acaba com o tabu dos funcionários antigos, que podem relaxar na prestação de serviços, achando que nunca serão substituídos, devido ao custo de sua rescisão. Permite-se, então, montar uma equipe de profissionais dedicados, e de sua confiança.

Melhor capacitação e treinamento são o segundo atrativo que leva à procura de serviços terceirizados. Isso porque os profissionais oferecidos por empresas de terceirização são mais bem habilitados e oferecem um trabalho mais acertado.

O terceiro, porém tão importante quanto os dois primeiros motivos na contratação da terceirização é a segurança. Infelizmente, hoje os condomínios são muito visados por assaltantes e os zeladores, porteiros ou profissionais de limpeza não são mais meros colaboradores e sim pessoas bem selecionadas e treinadas para exercerem suas funções e estarem sempre alerta, recebendo orientação rígida sobre as rotinas de controle de acesso e portaria, de forma a minimizar riscos de invasão ou assalto.

O síndico do condomínio administra a permanência desses profissionais terceirizados, que fica inteiramente condicionada a sua aceitação e observação de conduta.

Porém, as empresas sérias de terceirização possuem supervisores, que fazem vistorias periódicas para acompanhamento e monitoramento das atividades. A qualidade do serviço dependerá muito da seriedade da empresa terceirizada, tendo que se tomar cuidado com companhias duvidosas.

Uma pesquisa antes da contratação pode evitar fraudes. Os profissionais terceirizados usam uniformes e são constantemente reciclados, para cobertura nas férias de ausências de qualquer natureza, eliminando folguistas mantidos pelo condomínio.

Fonte: Folha do Condomínio