Sala de ginástica em forma

Manutenção permanente garante eficiência, durabilidade e segurança dos aparelhos e equipamentos deste espaço

Para que a academia de ginástica de um condomínio esteja sempre em ordem e segura é preciso que haja uma cuidadosa manutenção dos equipamentos utilizados, já que muitas vezes eles são deixados de lado e, em função disso, estragam ou quebram. Como consequência, os condôminos acabam deixando de frequentar o local, que ganha um ar abandonado.

Para garantir que os equipamentos de ginástica estejam em perfeitas condições de uso, o recomendável é chamar uma empresa especializada para realizar a manutenção preventiva ao menos uma vez por mês.

“Quando os aparelhos são regulados e ajustados, eles ganham maior durabilidade. Alguns itens devem ser verificados, como a lubrificação, aferição de velocidade, tensionamento e regulagem de manta e da correia do motor, verificação da amperagem, limpeza, tratamento antiferrugem, testes de corrida e testes dos LEDs do painel”, explica Rodrigo Luis Pizzo, gerente da Fit4, uma rede especializada no comércio e manutenção de equipamentos de ginástica.

Esses cuidados são fundamentais, já que a falta de lubrificação, por exemplo, danifica peças do aparelho. No caso de uma esteira ou bicicleta, por exemplo, o desgaste pode fazer com que o painel mostre uma velocidade incompatível com a velocidade real, o que pode provocar danos ao motor e à placa de velocidade, além, obviamente, de atrapalhar o treino de quem está usando.

Segurança

Segundo a personal trainer Noemia Toffano, a falta de manutenção e lubrificação de um aparelho não apenas pode comprometer sua eficácia, mas também causar riscos desnecessários para quem está treinando.

“Aconteceu com um aluno meu. Ele estava correndo na esteira quando ela parou repentinamente e ele quase caiu. Felizmente não ocorreu nada mais grave, mas ele poderia ter se machucado”, conta a personal.

Uma recomendação para quem utiliza a sala de ginástica de um condomínio é relatar imediatamente para o zelador, ou o responsável pelo local, qualquer tipo de defeito que algum aparelho esteja apresentando, de forma que prontamente possa ser resolvido sem que ocorra nenhum acidente.

Treino em sem medo

  • Aparelhos de salas de ginástica devem passar por manutenção ao menos uma vez por mês
  • O ideal é chamar uma empresa especializada e já combinar a visita mensal em contrato
  • Aparelhos quebrados podem afugentar os condôminos que costumam usar o espaço, assim como causar riscos desnecessários a quem pratica exercícios no lugar

Fonte: iCondominial