Reforço na segurança

Instaladas nos muros do condomínio, as câmeras auxiliam a vigiar as áreas ao redor do empreendimento

As câmeras de segurança são consideradas um dos principais itens para aumentar a proteção e diminuir os riscos em condomínios. Um ponto importante é lembrar que, dependendo dos locais em que forem instaladas, estas ferramentas acabam auxiliando a vigiar também as áreas externas, formando um poderoso circuito relacionado ao empreendimento e arredores.

“Trabalho em uma empresa que vende e instala circuitos de câmeras de segurança. Certa vez, um cliente solicitou uma visita de suporte ao local para resgatar imagens de suas câmeras, pois tinha ocorrido um assalto bem na frente de sua loja e a polícia estava precisando das imagens”, conta o técnico em automação comercial, Caio Ribeiro. Casos como estes têm sido cada vez mais comuns. Muitos até são divulgados amplamente na mídia.

Benefício extra – O diretor de condomínios Antonio Jorge Neto explica que não existe de início a intenção de usar as câmeras com essa finalidade, mas reforçar a segurança no entorno do empreendimento acaba sendo uma consequência.

“Além de crimes como assaltos, as câmeras são uma das formas mais eficientes de coibir pichações, tanto nos muros do condomínio como em áreas vizinhas.”

Acesso às imagens – O consultor em segurança José Elias de Godoy comenta que não existe uma regra para o posicionamento das câmeras.

“Tanto as câmeras que vão focalizar a entrada do prédio, quanto as de uso interno, devem ser posicionadas conforme a necessidade e estrutura do empreendimento.”

Quanto à liberação de imagens relacionadas a crimes ocorridos ao redor do condomínio, é importante saber que somente uma solicitação policial poderá liberá-las a terceiros.

“Há uma escola na frente do meu condomínio e o diretor solicitou as imagens para provar a uma mãe que seu filho pichava muros. Expliquei que apenas com uma ordem policial ou solicitação na assembleia do condomínio seria possível fazer a liberação, pois o síndico é o responsável por essas imagens”, explica Neto.

Um olho a mais na vigilância

- Ao escolher e instalar as câmeras é válido contar com a ajuda de um especialista. Ele poderá ajudar a definir os melhores pontos de localização

- A área de armazenamento das imagens deve ser restrita. Apenas síndico e administradora podem ter acesso

Fonte: iCondominial