Quer roupas menos marcadas e mais fáceis de passar? Pendure-as do jeito certo

A forma correta de pendurar as roupas no varal auxilia na manutenção das formas e das cores das peças e pode ajudar na hora de passar. Para não ter problemas com sujeiras e manchas posteriores à lavagem, certifique-se que o varal está limpo e dê preferência aos prendedores (ou pregadores) de plástico em bom estado. A home organizer Ingrid Lisboa ensina como estender algumas peças, acompanhe:

Calça jeans:

  • Para pendurar a peça no varal, caso a calça tenha sido lavada “no direito”, o primeiro passo é virá-la no avesso. Esse cuidado vai garantir que os bolsos fiquem bem secos.
  • Em vez de pendurar a peça pelo cós, a dica é prendê-la ao varal pelas pernas, o que vai fazer com que a calça seque mais rápido e, caso esteja sob o sol, desbote menos nas áreas de maior evidência.
  • Se o varal estiver localizado em uma área sujeita ao vento muito intenso, prenda-a utilizando um pregador em cada perna. Quando a corrente de ar for amena, o prendedor pode ser dispensado.

Saia:

  • A peça deve ser pendurada pela parte de cima. Utilize dois prendedores nas laterais, dobrando cerca de quatro dedos do cós.
  • Não pendure a peça dobrando-a ao meio, pois o tempo de secagem aumenta e o tecido pode ganhar vincos.

Blusa de alça:

  •  Quando pendurada pelas alcinhas, o peso da água durante a secagem tende a deformar e alargar a peça, tensionando as tiras. Por isso, o melhor é estendê-la para secar pela barra.

Blusas femininas:

  • Essas peças costumam ser feitas de tecido fino e delicado. Por isso, o melhor é pendurá-las no cabide antes de colocar no varal, para não correr o risco de o pregador ou o próprio suporte do varal marcar a blusa. Porém, dê preferência aos cabides de plástico e com bordas arredondadas.
  • Peças de seda, cetim, gaze de algodão e com aplicações como bordados e termocolantes, por exemplo, devem ser secas em cabides. O cuidado aqui é para inserir o utensílio por baixo da peça e não pela gola, para não danificar a parte de cima da blusa.
  • Depois, é só pendurar o cabide no varal. Caso necessário, fixe o gancho do cabide ao varal com o auxílio de um prendedor de roupas.

Camisa:

  • Assim como as blusas femininas mais delicadas, as camisas também devem ser penduradas no varal em cabides. Tal cuidado evita vincos e deixa a peça mais fácil de passar.
  • Não é preciso abotoar a peça toda para garantir que ela não escorregue do cabide, basta fechar o primeiro botão (do colarinho, ou o seguinte, logo abaixo e pregado a uma parte mais fina do tecido).
  • Para evitar deformações na peça, distribua corretamente os ombros da camisa sobre o corpo do cabide.

Blusa de malha:

  • Peças de malha, lã e cashmere deformam com facilidade. Por esse motivo, o ideal é colocá-las para secar sobre uma superfície horizontal e que permita a ventilação, como o varal de chão.
  • Para dar mais sustentação à peça, disponha uma toalha sobre as hastes do varal, tal cuidado vai deixar a superfície mais uniforme e, de quebra, impedir que a blusa escorregue.
  • Além do corpo da peça, ajeite as duas mangas sobre a toalha, assim não há o risco de deformar a blusa.

Camiseta:

  • Para evitar deformações, a peça precisa ser pendurada com a gola para baixo.
  • Em vez de colocar um pregador em cada ponta da camiseta, dobre mais ou menos quatro dedos da barra e coloque dois prendedores em pontos mais centrais para fixar.

Vestido:

  • Essas peças também devem ser penduradas em cabide para facilitar no momento de passar.
  • Assim, os vestidos não ficam marcados pelo pregador e ainda secam mais rápido. A exceção é para os modelos de jérsei que, quando pendurados no cabide, podem deformar. A solução, nesse caso, é colocá-lo para secar exatamente como as blusas de malha, ou seja, acomodando-o sobre uma toalha, em cima do varal.

Peças íntimas:

  • Cuecas e calcinhas podem ser penduradas de três jeitos, pelo meio, com um pregador, abrindo espaço para novas peças.
  • Ou pelo cós. Basta dobrar dois dedos da faixa da cintura e colocar um prendedor no meio.
  • A terceira alternativa é prender pelo fundo da peça. Basta dobrar e colocar um pregador.

[Créditos - execução: Ingrid Lisboa, home organizer (www.homeorganizer.com.br); produção e texto: Marina Oliveira e Rita Trevisan]

Fonte: UOL