Problemas com elevadores causam transtornos em condomínios

O elevador pode ser considerado uma invenção genial, especialmente nas últimas décadas, onde morar em edifícios cada vez mais altos passou a ser um fator comum nas grandes cidades.

O elevador pode ser considerado uma invenção genial, especialmente nas últimas décadas, onde morar em edifícios cada vez mais altos passou a ser um fator comum nas grandes cidades. São eles que levam pessoas e mercadorias várias vezes por dia, mas quando têm algum tipo de problema passam a liderar a lista de razões que causam irritação dentro de um condomínio.

As reclamações pioram quando acontece de alguém ficar preso e o atendimento enrola duas ou mais horas para chegar. Ou ainda aborda idosos ou pessoas com mobilidade reduzida, pois a partir daí o momento embaraçoso passa a gerar risco à saúde e integridade das pessoas.

E, muitas vezes, o que era para ser uma coisa rotineira acaba prejudicando a gestão do prédio. Na maioria dos casos, além do desconforto, o morador acaba recebendo um custo a mais em sua taxa de condomínio devido à manutenção duradoura do elevador.

Quando se trata apenas de manter o elevador conservado, uma boa manutenção é fundamental. Geralmente o zelador, porteiro ou até mesmo o morador entra em contato com o síndico para contratar uma empresa especializada a fim de realizar a manutenção mensalmente.

Portanto, o síndico deve estar sempre atento à manutenção dos elevadores do prédio para evitar problemas e acidentes. Neste caso, é essencial contar com uma empresa adequada, pois o barato pode sair caro. É muito importante que o administrador do condomínio faça uma pesquisa sobre a empresa e levante um orçamento para garantir um serviço de qualidade, buscando evitar desconfortos aos moradores.

Fonte: seucondominio.com.br