Oferta de ‘pay-per-use’ cresce com compactos

Apesar de ser oferecido em empreendimentos de alto padrão, é no segmento de compactos, de um ou dois dormitórios, que cresce a oferta de serviços “pay-per-use” –aqueles oferecidos por terceiros e pagos de forma avulsa pelos condôminos.

Para Fábio Cataldi, porta-voz da imobiliáripay per use 1a Abyara, o sistema tende a oferecer mais praticidade ao morador de um apartamento compacto, que, geralmente, mora sozinho e não tem tempo, nem para quem delegar tarefas cotidianas, como faxina, limpeza e arrumação ou pequenos reparos.

Além desses serviços, Cataldi considera básicos o “dog walker”, a entrega em domicílio do supermercado e a lavanderia, esta localizada na área comum do edifício.

A oferta se diversifica no caso de empreendimentos voltados para famílias.

No Caminhos da Lapa, por exemplo, empreendimento da Brookfield, ainda não entregue, a incorporadora firmou contratos com academias de dança, natação e até com a escola de teatro Macunaíma para aulas no local.

Para Marcelo Mahtuk, da administradora de condomínios Manager, a adoção do “pay-per use” traz benefícios ao condomínio, desde que seja adequada ao perfil do comprador do imóvel.

“Não dá para oferecer todos os serviços em qualquer empreendimento. Por exemplo, algo relacionado a animais de estimação não vai vingar num compacto, porque poucos moradores vão utilizá-lo”, afirma.

Fonte: Folha de São Paulo