O que o porteiro deve fazer após um crime no prédio?

cena do crimeConstatado a prática de crime no interior do edifício, ou em suas imediações, envolvendo morador ou funcionário, o porteiro deve inicialmente registrar os fatos no Livro de Ocorrências Gerais.

Em seguida deve comunicar o fato ao zelador que irá localizar o morador que fora vítima de algum tipo de crime (ex: furto no interior de auto) narrando o ocorrido. A própria vitima é que deve providenciar a lavratura do Boletim de Ocorrência na delegacia do bairro.

Na falta dela, um parente pode fazê-lo. Não havendo nenhum parente da vítima, um representante do prédio (sindico ou zelador) pode registrar a ocorrência policial. É de se frisar que o registro de ocorrência não é função do porteiro.

O porteiro deve arrolar testemunhas?

Em caso de ocorrência de crime ou contravenção, o porteiro deve arrolar testemunhas que presenciaram o fato, como também aquelas que vieram a saber do ocorrido por outra fonte, apesar de não terem visto o delito. O porteiro deve anotar os nomes e endereços de todas as testemunhas arroladas que deverão constar no Boletim de Ocorrência.

Fonte: Tudo Sobre Segurança