Lavagem a seco no condomínio

Conheça a técnica de limpeza que economiza água e pode ser usada em apartamentos, áreas externas e carro.

Em tempos de racionamento de água, uma alternativa sustentável como a lavagem a seco pode ser uma ótima opção, e a vantagem é que ela pode ser utilizada tanto em áreas comuns de prédios e condomínios, quanto em limpezas de estofados e tapetes ou lavagens de carro.

Nas áreas comuns do condomínio, onde é preciso manter livre acesso para os moradores economizar no gasto de água, o processo é simples. Basta chamar uma empresa especializada, que vai até o local avaliar se são necessários cuidados especiais.
Só especialistas – Já para limpar estofados e tapetes, estando eles nas áreas comuns do prédio ou nos apartamentos, o cuidado é mais rigoroso, já que alguns dos materiais podem se decompor.

Algo importante a ser lembrado é que, por conta da química utilizada, o serviço de lavagem a seco só deve ser realizado por especialistas, já que pode causar danos irreparáveis à peça que estiver sendo lavada.

“O ambiente no qual as peças estão é totalmente preparado para a realização da limpeza, que usa material especial para garantir que nenhum dano será causado ao piso e também para manter o ambiente limpo. Após a lavagem, o técnico ainda passa um pano no local onde o serviço foi prestado”, explica Eron Vitório, da Dream Clean.

Carro sempre limpo – Com relação à lavagem de um carro, que chega a demandar cerca de 316 litros de água, a lavagem a seco se torna uma opção sustentável e com bom custo-benefício.

Lito Rodriguez, fundador da DryWash e pioneiro mundial na lavagem a seco de veículos, explica que, além da questão ambiental, existem outros motivos pelos quais a alternativa deveria ser considerada; entre eles, o fato de não riscar a pintura e protege-la por mais tempo.

Se o condomínio tiver interesse, vale a pena fazer uma lista de moradores interessados no serviço e negociar com as empresas.
Sem água e sem problemas

  • O custo/benefício dos serviços de limpeza a seco costuma ser bom, pois além de prático, a alternativa não utiliza água, não danifica o local nem o material que será levado
  • É importante pesquisar uma empresa de confiança para fazer valer o serviço pago. Muitas têm ótimos produtos e tecnologia de ponta
  • Também pode ser útil negociar valores dependendo do número de unidades interessadas, automóveis a serem lavados ou frequência de utilização do serviço

Fonte: iCondominial