Inadimplência

Ações judiciais por falta de pagamento do condomínio crescem 32,9% em 2015

Levantamento do Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), realizado no Tribunal de Justiça do Estado São Paulo, mostra que o número de ações judiciais por falta de pagamento da taxa condominial subiu 32,9% no acumulado deste ano. De janeiro a agosto, foram protocoladas na cidade de São Paulo 7.361 ações, contra os 5.540 processos que deram entrada no mesmo período de 2014.

A alta também foi percebida no acumulado dos últimos 12 meses – setembro de 2014 a agosto de 2015 -, com o registro de 10.868 ações, 26,8% a mais que as 8.570 ajuizadas de setembro de 2013 a agosto do ano passado.

Por outro lado, em agosto, foram 1.017 casos, uma redução de 11,6% em relação a julho (1.150 ações). Comparado a agosto do ano anterior (929 ações protocoladas), houve alta de 9,5%.

O Secovi-SP reitera a importância de síndicos e administradoras reforçarem as negociações de cobrança e promoverem iniciativas para conscientizar os condôminos sobre a importância do pagamento pontual da taxa condominial, a fim de garantir o equilíbrio das contas do condomínio.

“O síndico deve estimular o condômino inadimplente a procurar um acordo para quitar suas dívidas, pois a maioria ainda prefere negociar amigavelmente”, destaca Sérgio Meira de Castro Neto, diretor da vice-presidência de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato.

Fonte: http://www.maxpressnet.com.br/