Hora da obra

Sem chuvas, momento é propício para reparos no condomínio.

Outono é momento para obras em condomínios.

Trabalhos como recuperação de fachadas e do sistema de impermeabilização de lajes, por exemplo, são os mais indicados para os próximos meses do ano
A chegada do outono é um bom momento para os condôminos começarem a programar o início de manutenções preventivas e corretivas nos prédios em que moram ou trabalham.

Segundo a Lello Condomínios, empresa que atua na administração de condomínios no Estado de São Paulo, o período de poucas chuvas e preferencialmente com temperaturas mais baixas são os mais propícios para se providenciar as reformas e obras.

Trabalhos como recuperação de fachadas e do sistema de impermeabilização de lajes, por exemplo, são os mais indicados para os próximos meses do ano.
A recomendação, no entanto, é que primeiramente se realize uma análise detalhada dos problemas encontrados e, com base nesse relatório inicial, o síndico deve acionar as empresas fornecedoras do mercado para a cotação de preços.

“O paisagismo não pode ser esquecido, pois o inverno é o período considerado ideal para manutenção dos jardins, em decorrência do repouso e da dormência das plantas. É tempo de revigorar as funções biológicas e preparar os jardins, para um novo ciclo de crescimento com a chegada da primavera”, aponta a engenheira Raquel Bueno Tomasini, gerente de Produtos e Parcerias da Lello.

Ela acrescenta ainda que, a partir de agora, com as temperaturas mais brandas, é mais comum a ocorrência de trincas, fissuras, manchas e desplacamentos de fachadas em decorrência da movimentação de materiais, que aumenta com as oscilações de temperatura ao longo do dia.

Mais uma razão para que os serviços de recuperação sejam executados no período de estiagem, conclui.

Fonte: SindicoNet