Festas para moradores

Síndicos promovem eventos para diminuir problemas entre moradores.

Festas promovidas por síndicos diminuem problemas em condomínios

Por Ferreira Hora

Um dos maiores problemas vivenciados em condomínios verticais é, sem dúvida, o desrespeito entre os moradores. O carro estacionado na vaga errada, o cachorro que late sem parar, a correria das crianças e acredite, até o barulho que o salto da vizinha de cima faz, são alguns dos principais motivos das dores de cabeça dos síndicos em todo Brasil.

Esses mesmos administradores, em vários lugares do país, estão trabalhando para construir, dentro dos seus conglomerados habitacionais, a da paz e, consequentemente, da boa convivência. Essa movimentação, que visualizada a primeira vista parece ser complexa, tem sido construída com medida simples.

A partir de alguns estudos feitos em condomínios, localizados na cidade de São Paulo, foi constatado que quando os vizinhos se conhecem, tendem a se preocupar uns com os outros, em não incomodá-los, e passam a tolerar mais as ações que antes causariam maior estresse.

Para promover essa interação, síndicos de todo país andam organizando festas e eventos para juntar os moradores e promover a cultura da boa convivência entre eles. No meio da festa, entre um churrasco, uma bebida e outra, é criado o ambiente propício para surgir bons relacionamentos.

De acordo com alguns síndicos, fazer com que os condôminos se conheçam é fundamental. Com essa ação, por tabela, eles registram a diminuição de reclamações referentes ao barulho, e até assuntos que não tem referência direta a priori são citados, como a diminuição da inadimplência da taxa condominial.

Essa receita vinda de fora já vem sendo aplicada pelos alagoanos, porém essa prática precisa ser ampliada. Ela já mostrou que traz bons resultados e tem aparecido como tendência em prédios com gestores antenados, que estão de olho em diminuir os problemas oriundos da falta de relacionamento entre os moradores.

Fonte: http://cadaminuto.com.br/