Dicas culturais: os filmes do Oscar’

A cerimônia de entrega do Oscar acontece no dia 2 de março. E sempre é mais legal assistir quando se conhece os indicados, porque aí podemos torcer, vibrar e nos decepcionar a cada anúncio de vencedor. O bom é que todos os filmes que estão concorrendo ao prêmio máximo já estrearam no Brasil. Assim, você pode assisti-los com calma e já escolher seus preferidos.

Confira agora a breve sinopse de cada um dos filmes que concorrem ao maior prêmio da Academia e se programe para assistir àqueles que você ainda não viu.

doze anos de escravidão

Indicado a nove Oscar, 12 anos de escravidão conta a história real de um escravo livre que é sequestrado e obrigado a trabalhar em uma lavoura. O então carpinteiro e músico que vivia em paz com sua família só é resgatado doze anos depois por um advogado. O filme foi adaptado do livro homônimo, escrito em formato de autobiografia pelo ex-escravo Solomon Northup.

gravidade

Gravidade é um dos grandes favoritos ao grande prêmio, concorrendo no total a dez estatuetas. Aclamado pelo excelente uso do recurso 3D e pela história dramática e profunda que foge do lugar-comum dos filmes que retratam a vida no espaço, Gravidade acompanha a luta dos astronautas Matt Kowalski e Ryan Stone para sobreviver no espaço após serem atingidos por uma chuva de meteoros enquanto consertavam um satélite.

trapaça

Outro filme baseado em uma história real é Trapaça. Ele conta a história do casal de trapaceiros Irving e Sidney, que aplica os mais diversos golpes até ser obrigado a colaborar com um agente do FBI para desmascarar corruptos. O plano vai muito bem até a verdadeira esposa de Irving, Rosalyn, resolver se infiltrar no plano também, colocando tudo a perder.

capitão phillips

Parece que este realmente é o ano das histórias reais serem adaptadas para o cinema. Também baseado em fatos reais, Capitão Phillips narra a emocionante saga de Richard Phillips, que enquanto trabalhava como capitão de um navio que entregava comida ao povo somaliano é sequestrado por piratas da região. Tirado de seu navio e preso em um bote, Phillips fica entre a vida e a morte na mão dos piratas enquanto as forças especiais norte-americanas negociam sua soltura.

clube de compras

Adivinhem? Sim, mais um filme baseado em fatos reais. Clube de compras Dallas é favorito mesmo na categoria de melhor ator para Matthew MacConaughey, que encarna com maestria o papel de Ron Woodroof, um caubói machão e homofóbico que de repente se vê infectado com o vírus da aids. Para lutar contra o prognóstico de que só teria um mês de vida, Woodroof procura métodos alternativos de tratamento, inclusive apelando para o contrabando de drogas.

ela

Em Ela, que concorre a outros quatro Oscar além do de melhor filme, o protagonista Theodore vive triste desde que se separou de sua esposa. Ao instalar um sistema operacional que se assemelha com a consciência humana, ele se apaixona pela voz feminina do aparato tecnológico. O filme discute o impacto do uso da tecnologia nas relações amorosas.

nebraska

Nebraska é um típico road movie norte-americano, com o ‘plus’ de ter sido filmado em preto e branco, garantindo mais melancolia à película. No filme, o idoso Woody decide partir a pé até uma cidade do estado que dá nome ao filme após acreditar ter sido contemplado com um prêmio de loteria. Inconformado com a ideia, seu filho David decide levá-lo de carro, mas um acidente os obriga a ficar hospedados na casa de parentes. Por falar demais, logo Woody provoca a cobiça dos parentes e também dos vizinhos pelo prêmio milionário.

philomena

Philomena, por ter engravidado fora do casamento, é internada em um convento e obrigada a entregar seu filho para adoção. Depois de trabalhar quase como uma escrava no convento para pagar sua ‘dívida’ com as freiras, Philomena, com a ajuda de um jornalista, sai em busca de seu filho, que havia sido adotado por um casal de norte-americanos.

lobo wall street

Para fechar a lista dos indicados ao Oscar de melhor filme, mais uma história baseado em fatos verídicos. O lobo de Wall Street retrata o trabalho e a vida repleta de luxos de Jordan Belfort, um corretor de Wall Street que, após perder o emprego por conta de um colapso da Bolsa, decide investir em um empresa que negocia papéis de baixo valor, que nem mesmo são negociadas na Bolsa. Ludibriando os investidores com falsas promessas, é na verdade ele e seus colegas que enriquecem.

Fontes: Adoro Cinema, Folha de São Paulo, G1, IG, Omelete, UOL e Zero Hora