Decore o condomínio para o Natal com economia e segurança

Um dos feriados mais festejados do ano está chegando. O Natal reúne a família e sempre traz a beleza dos enfeites natalinos aos prédios e condomínios. Porém, o orçamento no final de ano é apertado e a decoração não é barata. Por isso, para que você deixe o local bonito sem gastar muito, separamos algumas dicas.

As decisões devem ser tomadas em uma assembleia com o síndico e os condôminos para que não haja confusão e todos concordem com o que for decidido.

Uma opção simples e barata é reaproveitar os enfeites utilizados no ano anterior e mudar um pouco a distribuição deles no condomínio. Fhilipe Sorvillo, síndico de um prédio em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, acabou utilizando essa solução para não ter problemas de caixa. “Quando o planejamento foi feito, esquecemos de contabilizar os novos enfeites de Natal. Para que não ficasse sem, foi decidido que usaríamos o mesmo do ano passado que estavam em excelente condição”, explica.

Para uma decoração simples, a dica é usar as luzes “pisca-pisca” nas árvores do jardim e na portaria. Também é interessante comprar uma árvore média e enfeitá-la para o hall de entrada.

A decoração ecológica também é uma saída. Além de ajudar o meio ambiente, o condomínio economiza e reutiliza produtos dos próprios moradores. Tereza Miguel conta que no prédio aonde mora esse tipo de enfeite vem sendo utilizado há dois anos. Para ela essa é a melhor solução. “Nada melhor do que conseguir utilizar novamente produtos que iríamos jogar no lixo. A decoração fica linda e não deve nada para a tradicional”, diz.

Utilize garrafas pet, revistas antigas e bolas de isopor, junte com a criatividade e deixe o condomínio lindo. A montagem desse tipo de decoração traz também mais interação entre os moradores, melhorando a convivência.

Cuidados com a iluminação

As luzes de Natal são uma das atrações mais bonitas da data. Elas chamam atenção e deixam a casa como um sonho, porém é preciso cuidado na hora de comprar e instalar. Em primeiro lugar, verifique sempre se os “pisca-piscas” tem procedência comprovada, se eles têm o selo do Inmetro.

Se as luzes forem as mesmas dos anos anteriores, veja se elas estão bem conservadas, se tem fios danificados ou rompidos.

Antes de realizar a instalação verifique os seguintes itens:

- Evite utilizar adaptador benjamim. Eles sobrecarregam as tomadas e podem causar danos elétricos;

- Não as deixe em contato direto com a água ou em local muito úmido;

- Verifique se o isolamento das conexões elétricas ainda está bom;

- Veja se as luzes estão longe de materiais como plástico, papelão, tapetes, sofás e outros produtos inflamáveis;

- Deixe as lâmpadas fora do alcance das crianças e dos animais de estimação.

Fonte: Condoworks