Cuidados antes de alugar ou comprar: pragas

Ao encontrar o imóvel dos seus sonhos, é importante avaliar se ele não é um presente de grego, ou seja, se o seu futuro “lar doce lar” não é uma caixa de surpresas (das mais desagradáveis), cheia de pragas domésticas (baratas, roedores, cupins, formigas e até mesmo pombos). Esses insetos e animais podem oferecer risco à sua saúde, além de riscos ao seu patrimônio e segurança da família.ratinho na parede

Saiba como você pode identificar os sinais da presença das pragas urbanas mais comuns:

• As estações mais quentes (primavera e verão) são as épocas do ano mais propícias para o surgimento de pragas, pois nesse período fica mais fácil para identificar “os sintomas”;

• Observe os cantos das paredes e o teto, dentro dos armários, próximo de portas, janelas e sob o piso, principalmente se for de taco;

• Note também se há telas mosquiteiras instaladas no imóvel, ou restos de venenos e inseticida no local, que podem indicar uma tentativa de limitar a entrada de insetos e roedores presentes nas redondezas, ou de exterminá-los;

• Baratas vivem em rachaduras e em lugares úmidos e quentes, geralmente perto de ralos e locais com resíduos de alimentos (armários, fogão, geladeira e lixeiras). O maior sinal de uma infestação de baratas é ver o próprio bicho, uma vez que são insetos noturnos, que costumam ficar escondidos durante o dia. Também é possível identificar, no chão ou dentro de armários, partes de asas, ovos minúsculos de cor castanho-escuros e manchas escuras parecidas com grãos de pimenta, que indicam resquícios fecais e alimentos regurgitados;

• O sinal típico da presença de cupim no imóvel são aqueles grãozinhos (branco, bege ou marrom) amontoados próximo da madeira (são as fezes do bicho). Áreas ocas ou destruídas nos móveis de madeiras, portas e janelas também são indicativas de cupim no local;

• Você pode identificar facilmente se há ratos no local, observando se há excrementos de roedor: pequenos e escuros, parecidos com grãos de arroz, principalmente próximos de paredes e armários de cozinha. Roedores também deixam um odor característico (amoníaco) no ambiente e rastros de coisas roídas;

• Pombos costumam se alojar e fazer ninhos entre os telhados e a laje, e nos parapeitos de janelas. Pombos deixam um rastro de fezes por onde passam, parecido com respingos de tinta branca e verde musgo. Quando secas, as fezes parecem pó.

Se você notar qualquer um desses sinais no imóvel, ou ainda, as famigeradas “filas” de formigas pela casa, exija a dedetização profissional do lugar (com certificado de garantia) e faça uma nova vistoria depois, para avaliar o serviço.

Fonte: Loucos por Imóveis

Link da matéria: http://www.vivareal.com.br/loucosporimoveis/blog/cuidados-alugar-comprar-pragas/#ixzz2qemXrdrz