Cuba garante estilo a lavabos e banheiros. Confira modelos

Pense em uma protagonista de novela. Além de ser o centro das atenções, a talentosa moça escolhida para exercer tal papel precisa estar em par com os atores coadjuvantes para que a cena fique perfeita. Em um banheiro ou em um lavabo, um “cargo” semelhante é dado à cuba, peça que pode exaltar e garantir um estilo único ao cômodo.

Cuba branca de porcelana em formato diferenciado deixa o banheiro sofisticado (Fotos: Shutterstock)

São muitos os formatos, materiais, e tamanhos disponíveis no mercado. É possível utilizar qualquer recipiente, desde que resistente à água, como cuba. De acordo com a arquiteta Lisete Ramos, o toilette é o ambiente da casa em que as pessoas mais ousam. O motivo, segundo ela, é simples.

“Os lavabos são ambientes menores, com uso mais restrito de visitantes, sem banho e sem vapor, e de curta permanência. A utilização de cores, materiais diferenciados ou até mais originais fica mais viável”, explica a profissional.

As cubas de porcelana ou louça são as mais populares no Brasil. A notícia boa é que dá para utilizar esse tipo de peça e ainda inovar. Para isso, basta encontrar um formato de cuba menos usual e apostar na disposição diferenciada da peça, que pode aparecer embutida em um armário ou nicho, suspensa e instalada em uma bancada de madeira ou pedra.

cuba de vidro

Em uma suíte, por exemplo, caso haja espaço e vontade dos moradores, pode-se ainda optar por uma cuba para cada pessoa. “Para sair do lugar-comum basta escolher peças quadradas, retangulares, de sobrepor, de apoio (…)são várias as opções. Outra dica é ousar na composição com as torneiras e metais. Existe uma variedade de bica alta, componentes cromados e acetinados”, ensina a arquiteta Luiza Motta.

Cuba de pedra dá tom rústico ao ambiente

 Além da imaginação

Baldes, utensílios cerâmicos ou de resina, bacias de cobre antigas e até vidros podem ser transformados em lindos lavatórios para as mãos. A eleição de uma cuba diferente pode sair até mais em conta que uma comum, vendida em materiais de construção. “Dependendo de onde foi ‘resgatada’ ou encontrada, o custo fica mais acessível e o ambiente bem original e moderno”, sugere Lisete.

Para o arquiteto Gabriel Negrão, as cubas esculpidas são outra alternativa, apesar de um pouco mais custosas, por serem inteiriças. “Podem ser feitas de porcelanato ou pedra, do jeito que o cliente quiser. Basta medir o ambiente e encomedar sempre com um bom profissional. Fique atento também ao transporte dessa peça. Ela deve chegar à sua casa em perfeito estado”, orienta.

cuba de vidro

Ainda sobre cubas feitas em pedra, Lisete atenta para o cuidado com a escolha da peça e a manutenção. Alguns profissionais, a pedido do cliente, usam produtos à base de silicone para vedar os poros da pedra, tornando-a, dessa forma, impermeável. “É que as pedras mais porosas requerem mais atenção neste aspecto, mas, em geral, são muito adequadas”, completa.

Fonte: ZapImoveis