Condomínios se preparam para o Natal

decoração de natal 1Mais um final de ano se aproxima e, com ele, a tradição de enfeitar fachadas de casas, empresas e condomínios para celebrar essa época especial. Mas, para deixar o condomínio bonito sem ter problemas, é importante tomar alguns cuidados e se precaver na hora de escolher os materiais e manusear os equipamentos elétricos.

Entre os materiais mais usados hoje estão os conjuntos de mini lâmpadas, atualmente todas de LEDS, apresentados em diversos formatos, como cortinas formando franjas de luzes e cordões usados para marcar contornos de fachada, sacadas, envolver colunas ou troncos de árvores. De acordo com Sérgio Luiz Barros Rolim, responsável técnico da Santa Rita Materiais Elétricos, as lâmpadas de LED são ideais para a decoração natalina. “Além de apresentarem uma significativa redução do consumo de energia, têm maior incidência luminosa, maior vida útil, não atraem insetos e não emitem raios ultravioleta, que são nocivos à saúde humana”, explica.

Para que a iluminação não cause acidentes, como choques, incêndios e curtos-circuitos, os principais cuidados devem ser com as conexões elétricas, ou seja, com a ligação do conjunto de luzes nas tomadas. “Em princípio, os conjuntos natalinos são fáceis de instalar, pois já vêm equipados com plugues para serem ligados às tomadas, mas é importante utilizar produtos confiáveis e garantidos, e ainda receber as devidas informações técnicas do seu uso, como por exemplo, se é para uso interno ou externo, e jamais expor materiais elétricos à umidade” orienta Rolim.

Ambiente agradável

Estela Neves, síndica do Residencial Bella Luna, no bairro de Jurerê, em Florianópolis, conta que todos os anos a frente do edifício é decorada com mangueiras luminosas, mas a preocupação com o visual é frequente. “Nosso condomínio está sempre enfeitado, pois nossa preocupação em manter os jardins floridos e vasos cuidados é constante. Acho que é uma gentileza e um carinho para os moradores e visitantes ter um visual bonito para apreciar, e na época de Natal não poderia ser diferente”, declara a síndica.

Segundo Estela são cinco árvores com iluminação e, este ano, estão incrementando mais duas figuras luminosas no hall de entrada. “Como diferencial, nesta época sempre temos balinhas em um recipiente no aparador da entrada do prédio, para as crianças e adultos. Brincamos dizendo que o papai Noel deixa à noite”, relata a síndica.

Para realizar as ações, Estela conta com a ajuda do Conselho que sempre apoia as ideias para melhorias no prédio. “Acho que, assim como eu, todos consideram as áreas comuns como extensão do seu apartamento e, por isso, tenho a compreensão de todos”, declara.

Árvore

No condomínio Residencial Heloísa, em São José, todo ano é montada a árvore de Natal e, também, colocados alguns enfeites no hall. “Todos os moradores aprovam a decoração, principalmente as crianças, que ficam super ansiosas com a chegada do Natal”, relata a síndica Bruna Mazzarolo.

A escolha do material é feita em conjunto com o síndico anterior a sua gestão, e também pelo conselho consultivo. “Para o próximo ano queremos melhorar a decoração, vamos adquirir lâmpadas de LED para serem colocadas ao redor do jardim e das plantas que ficam na entrada do condomínio” descreve Bruna.

Cuidados ao instalar iluminação decorativa:

- Ligue sempre os plugues dos conjuntos em tomadas apropriadas, de acordo com o tipo de plugue. As extensões devem ser de material apropriado, com plugues normatizados pelo IMETRO;

- Jamais corte o plugue original e faça ligações improvisadas, colocando o fio direto na tomada;

- Fios do tipo paralelo (isolação 300V) devem ser usados apenas em instalações internas. Para instalações externas, deve ser usados cabos do tipo PP, com capa de proteção;

- Para evitar mal-contato e choques elétricos em emendas de fios, use conectores apropriados que garantem excelente contato e dispensam o uso de fitas isolantes. Caso não sejam usados conectores, as emendas devem ficar bem apertadas, de preferência estanhadas, e isoladas com fita isolante de qualidade, tapando toda a parte de cobre do fio, com pelo menos três camadas;

- Não use conexões com tomadas e plugues em instalações externas para evitar o risco de entrada de água e de choque elétrico.

Fonte: CondomínioSC