Condomínio popular vira microusina solar no sertão baiano

Condomínio popular vira microusina solar no sertão baiano

Projeto-piloto instalado em dois condomínios populares de Juazeiro (BA) criou a maior usina solar construída sobre telhados de casas do País. Mais de 9 mil painéis fotovoltaicos foram instalados nos telhados dos prédios desde março deste ano, gerando até o início de outubro 1,34 gigawatt/hora de energia, o que dá para abastecer cerca de 13 mil casas com consumo médio de 100 quilowatt/hora.

A microusina foi criada pela empresa Brasil Solair em parceria com o Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal (CEF). Além de gerar energia limpa e barata, o projeto que está mudando a realidade dos condomínios Morada do Salitre e Praia do Rodeadouro tem outros dois grandes trunfos: gera renda extra aos moradores dos condomínios e propiciou o treinamento de mão de obra local.

Nos seus primeiros oito meses de atividade, a usina já gerou R$ 830 mil. Parte desse rendimento vai direto para os moradores, ajudando-os a complementar a renda mensal. De cada R$ 100 de receita da microusina, R$ 60 ficam com os moradores, R$ 30 vão para um fundo destinado a investimentos em melhorias e benefícios comuns e R$ 10 bancam despesas de manutenção dos condomínios. “Hoje somos produtores de energia solar”, afirma a dona de casa Gilsa Martins de Oliveira, síndica do condomínio Morada do Salitre, onde a renda das famílias não ultrapassa os três salários mínimos.

Fonte: CondomínioSC