Biblioteca caseira

Montar e organizar a estante de livros pode ser um ótimo exercício de criatividade para quem reside em apartamento

Para quem realmente aprecia uma boa leitura e, mesmo com as opções da internet e dos e-books, não deixa de comprar os livros bibliotecaclássicos, aqueles com folhas de papel e capa, vale a pena conhecer algumas sugestões para criar biblioteca em casa.

Antes de tudo é preciso lembrar que, mais do que simples objetos de decoração, os livros necessitam de cuidados especiais para serem conservados da melhor forma possível.

O nível de umidade do espaço, a temperatura e a iluminação adequada são fundamentais, já que quando são expostos a certos fatores externos, ao longo do tempo podem se transformar em focos de mofo, o que destrói as obras e causa riscos à saúde.

Quantos livros?

O arquiteto Fernando Piva afirma que antes de definir o local de uma biblioteca doméstica é preciso saber a quantidade de livros, a forma como eles serão armazenados (com ou sem portas, por exemplo) e como o espaço será utilizado.

“Na hora da escolha das estantes elas não podem ser muito profundas (em média entre 40 cm e 45 cm), com prateleiras reguláveis para facilitar, já que os livros são normalmente de diversos tamanhos.”

A organização também tem importância. Em uma biblioteca tradicional os exemplares são catalogados de forma digital, mas você não precisa ter esse trabalho. Basta organizar seu acervo por “gênero”, “autores” ou “favoritos”, por exemplo.

Ambiente de leitura

Quem pretende criar um espaço especial para sua biblioteca doméstica, um local perfeito para relaxar e aumentar sua cultura com uma boa leitura, também precisa se preocupar com a ambientação.

Primeiro opte por um local livre de ruídos, bem arejado e sem a incidência direta do sol.  Prefira tons mais claros na pintura da estante e no mobiliário, já que uma exposição de livros deixa o ambiente mais escuro.

“Pense também se é necessário contar com uma bancada/escrivaninha para consulta ou uma poltrona confortável para leitura, tudo para deixar o ambiente prático, funcional e elegante”, complementa o arquiteto.

Improvisando

Quando não existe um espaço próprio para montar uma biblioteca, não é preciso se preocupar. Basta procurar um espaço com pelo menos uma parede ociosa que possa abrigar uma prateleira ou estante. Foi o que fez o analista de sistemas Adriano Spirandeli, que transformou sua sala de TV em uma biblioteca suspensa.

“Como não havia espaço para uma estante e também não queria comprometer a visão da TV e do vídeo, optei por uma prateleira suspensa, que circula pelos quatros cantos da sala. Para retirar os livros, utilizo uma pequena escada dobrável”, conta, satisfeito.

A ordem é ser criativo

  • Até mesmo caixotes empilhados podem ser utilizados como uma divertida estante para livros

  • Quem mora em um apartamento duplex pode utilizar o vão da escada e criar uma bela biblioteca

  • Uma estante com livros também pode ser uma prática sugestão para dividir ambientes integrados se o espaço é pequeno

Fonte: Minha Área