Ar-condicionado contra a dengue

Você sabia que a água que se acumula nos protetores externos dos aparelhos de ar condicionado pode se tornar um criadouro perfeito para o Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue? Além disso, o forte calor e a umidade, típicos desta época do ano, são um agravante para a proliferação desse mosquito.

A maior parte dos criadouros do Aedes aegypti se encontra dentro das residências, em locais como vasos de plantas, pneus velhos, piscinas, telhas, bandejas de geladeira e de ar condicionado, local onde o dreno do aparelho split é depositado, entre outros. Por isso, fique alerta, pois a dengue pode matar.

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 70% dos casos de dengue ocorre entre janeiro e maio.

A LG lançou, em 2012, um ar-condicionado capaz de repelir mosquitos e outros insetos. O aparelho anti-mosquito emite ondas ultrassônicas, que oscilam nas frequências de 30 a 100 kHz. Estas ondas geram um som que perturba mosquitos e outros insetos. Mas fique tranquilo, pois estes níveis são imperceptíveis ao ouvido humano.

Mito: O ar-condicionado mata o mosquito da denguecontra a dengue

Muitas pessoas acreditam que o ar-condicionado é capaz de matar o mosquito da dengue pelo fato de proporcionar a diminuição da temperatura. No entanto, especialistas alertam: com o ar-condicionado ligado o mosquito da dengue terá dificuldade para detectar a localização de uma possível vítima de sua picada, mas ele não morrerá. Para deixar a sua casa livre da dengue, anote essas dicas:

- retire a água e lave o reservatório do ar-condicionado com sabão e coloque água sanitária;
– coloque uma mangueira (dreno) no ar-condicionado para evitar acúmulo de água na bandeja;
– se você tiver um ar-condicionado portátil, nunca deixe o reservatório de água cheio por muito tempo;
– não deixe lixo acumulado em quintais, varandas ou áreas de serviço;

Fonte: Web Ar Condicionado