Adaptando conceitos de certificações ambientais no seu condomínio

As certificações ambientais AQUA e LEED possuem categorias específicas para classificar edifícios que pretendem ser mais sustentáveis. Nos dois casos, os edifícios são avaliados de acordo com suas características e ranqueados dentro de padrões estabelecidos por cada certificação.

Dados da Revista Green Building mostram que algumas construções certificadas no Brasil conseguiram economizar 20% em consumo de energia, 35% no consumo de água e 100% no uso de água potável para irrigação de plantas e jardins.

Como as certificações podem influenciar no dia a dia de um condomínio?

edifício sustentávelDe acordo com o Green Building Council Brasil, estudos mostram que aproximadamente 80% dos custos durante a vida útil dos edifícios são originários de operação e manutenção predial, justamente as duas etapas que podem ser adaptadas para uma realidade sustentável. Confira as dicas abaixo e saiba como estar mais próximo da sustentabilidade todos os dias:

  • Economia de luz – Controle os gastos com iluminação utilizando sensores de presença, lâmpadas de LED e explore mais a luz natural.
  • Uso racional da água – Evite desperdícios com banhos longos e torneira aberta por muito tempo; procure saber mais sobre dispositivos que economizam o consumo de água em banheiros e também sobre técnicas para reutilização de água de chuva, por exemplo.
  • Busque a qualidade do ar interno e externo – Reduza o uso de fontes poluidoras como produtos de limpeza e tintas; evite pegar o carro para percorrer pequenos trajetos e faça manutenção dos filtros de ar condicionado.
  • Reaproveite materiais – Recicle, reutilize e seja um agente replicador da coleta seletiva de lixo.
  • Uso de madeira certificada – Ao decorar um ambiente, escolha produtos de madeira certificada e incentive a prática de reflorestamento.
  • Faça compras conscientes – Ao buscar produtos para compra, tanto para uso em áreas comuns, como nos apartamentos, sempre opte por aqueles que oferecem algum tipo de benefício ambiental, como o Forest Stewardship Council (FSC), para papel e madeira e Energy Star, para eletroeletrônicos.

Fonte: Condomínios Verdes