A importância de uma assistência jurídica nos condomínios

Problemas com cobrança, como empresas que prestam serviços, de documentação, das convenções e regulamentos internos. É muita coisa que o síndico tem que conhecer para não dar “furos” na sua administração, e o que é pior, ele tem que saber da nossa legislação, trabalhista, civil, dos juizados especiais, enfim, tem que ser uma figura que há muito não existe mais: o “rábula”. Mas será que isso deve mesmo acontecer? Entendemos que não.

A assessoria jurídica é fundamental para um condomínio e atualmente no mercado se encontram bons advogados, e vários especializados emassistência jurídica condomínios. Mesmo que este seja administrado profissionalmente, é importante a presença do advogado na contratação desta administradora, pois existem contratos e “contratos”. Vivemos num mundo onde os conflitos estão cada vez mais fortes e o exemplo disto é o morador inconveniente, é o mal pagador, e a presença de uma assessoria faz com que as coisas mudem de figura.

O advogado não é somente para as defesas em ações, ele também pode servir aconselhando, atualizando documentações importantes do condomínio, assistindo à administração do condomínio no que se referem à cobrança, causas trabalhistas enfim, existe uma gama de serviços em que uma simples assessoria sem dúvida melhora a administração e os afazeres do síndico. É importante lembrar que às vezes fica mais caro para um condomínio contratar um advogado para defender uma causa seja ela de qualquer natureza, do que manter uma assessoria jurídica permanente no condomínio. Atualmente existem pacotes de serviços jurídicos em que o síndico pode escolher quais os serviços advocatícios ele quer contratar.

Fonte: Jornal do Síndico